As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Carlos Chinin espera por convite para disputar o heptatlo no Mundial de Sopot

Amanda Romanelli

19 de fevereiro de 2014 | 09h03

Carlos Chinin foi o sexto colocado no decatlo no Mundial de Moscou, no ano passado, pouco depois de ter batido o recorde sul-americano da prova combinada. Nesta temporada, ele também superou a marca continental do heptatlo (a versão do decatlo para disputas em pista coberta). Agora, espera uma resposta da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) para saber se poderá disputar o Mundial Indoor de Sopot (Polônia), entre 7 e 9 de março.

O critério de classificação do heptatlo em Sopot é bastante restritivo. Serão apenas oito atletas, garantidos no Mundial da seguinte maneira: o campeão da Copa das Provas Combinadas de 2013, os três melhores do ranking ao ar livre de 2013 (fechado em 31 de dezembro), os três melhores do ranking indoor de 2014 (fechado em 17 de fevereiro) e um convidado pela IAAF.

É de olho nesse convite que está a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).  Antônio Carlos Gomes, superintendente de alto rendimento da entidade, disse que a CBAt está tentando conseguir a classificação de Chinin junto à IAAF por meio do critério subjetivo. “Estamos fazendo essa gestão. É difícil, mas estamos tentando”, disse-me o dirigente na semana passada.

Enquanto isso, Chinin continua em Praga, treinando com o técnico ucraniano Oleg Ruiev. Após a disputa em Tallinn (Estônia), onde bateu a marca continental, ele iria disputar o Nacional da Eslováquia, no último fim de semana, mas acabou desistindo. “A competição em Bratislava seria muito fraca, então decidimos esperar pela decisão da IAAF. Não temos uma posição ainda, mas continuo treinando na Europa. Caso venha se confirmar a vaga, partimos para Sopot. Caso contrário, a temporada outdoor já está encaminhada. Estou treinando em ritmo acelerado e confiante em novos recordes para 2014”, contou o atleta do Pinheiros. Com os 5.951 pontos conquistados na Estônia, Chinin ocupa a 11.ª posição do ranking da prova.

De acordo com meus apontamentos, estes seriam os atletas classificados para Sopot: o bielorrusso Andrei Krauchanka (campeão da Copa de Combinadas-2013); o americano Ashton Eaton, o alemão Michael Schrader e o canadense Damian Warner (os três melhores do ranking outdoor de 2013) ; o holandês Eelco Sintnicolaas, o belga Thomas Van der Plaetsen e o ucraniano Oleksiy Kasyanov (os três melhores do ranking indoor de 2014).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.