As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Evelyn, Rosângela e Tamiris estão a caminho de Miami

Amanda Romanelli

06 de janeiro de 2014 | 17h41

As tratativas para que velocistas brasileiros passassem a treinar nos EUA em 2014 foram reveladas neste espaço em novembro. E a confirmação das três primeiras atletas que rumam para a América do Norte foi dada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB): nesta segunda-feira, 6 de janeiro, Evelyn dos Santos, Rosângela Santos e Tamiris de Liz viajam para a Flórida para começar a treinar na Universidade de Miami.

Evelyn dos Santos e Rosângela Santos, baseadas no Rio, correram o revezamento 4 x 100 metros no Mundial de Moscou, em agosto passado, e estiveram na Olimpíada de Londres, assim como Tamiris de Liz. A catarinense, aliás, também conquistou o bronze nos 100 metros no Mundial Juvenil de Barcelona em 2012.

As três foram conhecer as instalações da universidade no fim do ano passado e, agora, passarão a trabalhar sob a supervisão da técnica Amy Deem, head coach da equipe de atletismo de Miami desde 2008. Amy, aliás, tem longa lista de serviços prestados à Federação Americana de Atletismo. Em Moscou, por exemplo, foi responsável pelos revezamentos americanos femininos.

Em Miami, Amy Deem também trabalhou com uma das principais revelações da velocidade feminina mundial, a marfinense Murielle Ahouré, que conquistou a prata nos 100 m e 200 m no Mundial, atrás apenas de Shelly-Ann Fraser-Price que, bom, ganhou tudo em Moscou.

De acordo com o COB, a ação planejada com a CBAt permitirá o aprimoramento técnico das três atletas, com o foco no revezamento. Outras atletas que já dispõem de uma estrutura de treinamento no Brasil – ou seja, Ana Cláudia Lemos (BM&F Bovespa) e Franciela Krazucki (Pinheiros) -, permanecerão no País.

As atletas vão participar de competições nos EUA e, paralelamente ao atletismo, estudarão inglês. COB e CBAt prometem, também, realizar campings de treinamento com os treinadores pessoais de cada atleta nos EUA. Tamiris trabalha com Margit Weise e Evelyn treina com Gustavo dos Santos. Resta saber quem treina Rosângela. Até o Mundial de Moscou, seu técnico era Paulo Servo. Ao que tudo indica, a parceria entre os dois foi desfeita desde o retorno da atleta ao Brasil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.