As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ivan Ukhov se aproxima do recorde mundial do salto em altura

Amanda Romanelli

16 de janeiro de 2014 | 13h00

O russo Ivan Ukhov, campeão olímpico em Londres-2012, mandou um recado para o ucraniano Bohdan Bondarenko (atual campeão mundial e sensação da temporada passada): ele não está sozinho na briga pelo recorde mundial do salto em altura.

Ainda não há a confirmação oficial da marca conquistada por Ukhov em um torneio indoor de sua cidade natal, Chelyabinsk, nesta quinta-feira. No vídeo abaixo, vemos que o placar marca a terceira tentativa a 2,41 m, mas circula na internet a informação de que a arbitragem fez confusão e que, na verdade, a marca seria de 2,42 m. Caberá à IAAF tirar nossa dúvida nos próximos dias.

De qualquer maneira, Ukhov ficou a poucos, pouquíssimos centímetros dos recordes de Javier Sotomayor. O cubano chegou a 2,43 m em pista coberta há 25 anos, em uma competição disputada em Budapeste em 1989. O recorde ao ar livre é um pouco mais “recente”: 2,45 m, de 1993.

Vale lembrar que, em 2013, Bondarenko foi líder da temporada outdoor com a marca de 2,41 m, que alcançou duas vezes (em Lausanne e em Moscou, na final do Mundial). O ucraniano também foi o único homem a superar os 2,40 m após Sotomayor.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: