Lavillenie desafia o perigo e corre as 24h de Le Mans para motos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lavillenie desafia o perigo e corre as 24h de Le Mans para motos

Amanda Romanelli

23 de setembro de 2013 | 17h47

Campeão olímpico e vice-campeão mundial do salto com vara, o francês Renaud Lavillenie gosta mesmo de desafios. Há duas semanas, o saltador se arriscou em seu primeiro decatlo, em Talence, na França – tinha como objetivo terminá-lo (o que conseguiu) e fazer a melhor marca do salto com vara na prova (não conseguiu). Neste fim de semana, Lavillenie enfrentou os perigos da motovelocidade e correu, pela primeira vez, as 24 horas de Le Mans.

O francês já havia tentado correr a prova no ano passado, mas não se qualificou. Desta vez, conseguiu chegar à disputa com a sua moto Suzuki, número 63, e participou do revezamento de um dia inteiro com os companheiros David Dumain e Stéphane Mézard, na equipe AZ Moto. Terminou com a 25ª colocação.

Antes de iniciar a corrida, Lavillenie disse que encarar uma prova de resistência não seria um problema para ele, que havia acabado de sair de um decatlo. “Cheguei em Le Mans em grande forma depois de competir no Decastar, em que foram 10 provas em dois dias. Eu gosto de dirigir à noite, mas não tenho muita experiência.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: