Adriano precisa se benzer

Adriano precisa se benzer

Antero Greco

19 de abril de 2011 | 21h52

Não sei se Adriano segue alguma religião. Mas não custaria nada ele se benzer, tomar um banho de sal grosso, colocar raminhos de arruda na orelha. Que tremenda zica teve o rapaz, ao sofrer ruptura de tendão de Aquiles do pé esquerdo, em sessão de treinos realizada na tarde desta terça-feira, no Corinthians! O incidente fará com que seja operado na quarta-feira e há previsão de retorno às atividades dentro de cinco meses.

Isso significa que Adriano perderá no mínimo o primeiro turno do Campeonato Brasileiro. A estreia estava marcada para a abertura, no dia 22 de maio. Adriano treinava para perder os declarados 6 quilos excedentes, depois de ficar parado por fratura no ombro sofrida em janeiro, em jogo da Roma, sua ex-equipe, contra a Lazio, pela Copa Itália.

A contusão emperra a luta do atacante de retomar a carreira com regularidade, o que não ocorre desde o primeiro semestre do ano passado, quando trocou o Flamengo pela Roma. Adriano havia sido um dos pontos altos na campanha do time carioca na conquista do Brasileiro de 2009 e julgou oportuno voltar para a Itália, após a saída frustrante da Inter. A passagem pela Roma foi péssima e a ruptura, decepcionante.

É impressionante como a maré lhe anda desfavorável. Quando tudo parece calmo, surge algo para tumultuar. Em geral, ele é quem dá margem para o azar, ao envolver-se em confusão. Desta vez, assim como no caso do ombro, foi má sorte no duro, já que estava no trabalho.

A diretoria do Corinthians deverá agir com firmeza no apoio a Adriano. O importante, agora, é evitar que entre em depressão por causa da impossibilidade de jogar. Se perder o controle, ficará mais dolorosa a fase de recuperação. Que ele tenha forças e cabeça, é o que lhe desejo.

Tudo o que sabemos sobre:

AdrianoCorinthians

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.