Atlético começa bem e Flu vai além

Antero Greco

14 de fevereiro de 2013 | 12h47

Dois dos três brasileiros que já estrearam na Libertadores deste ano fizeram a parte que se esperava deles, ou seja, deram a largada com vitória. O Atlético-MG ganhou do São Paulo por 2 a 1, em Belo Horizonte, e o Flu foi além, com 1 a 0 sobre o Caracas, na Venezuela, na noite da quarta-feira.  Resultados de certa forma normais e dentro das previsões dos times.

A vitória mineira no clássico nacional foi consequência de um jogo intenso, vibrante, que valeu a pena acompanhar do começo ao fim. E com resultado indefinido até o último lance, aquele em que Ganso bateu de esquerda, a bola passou rente à trave e por pouco não garantia o empate. Empate que teria um sabor de decepção para o Galo, depois de ter aberto 2 a 0 de vantagem.

O primeiro tempo foi impecável para o Atlético. Compacto na marcação, forçou os erros do São Paulo, saiu bem nos contra-ataques e ainda abriu o placar por uma combinação de acaso e esperteza (e desatenção do rival), no lance em que Ronaldinho recebeu lateral e serviu Jô. A equipe de Cuca jogou como se esperava de quem atuava como mandante.

O São Paulo melhorou no segundo tempo, porque Osvaldo apareceu mais para o jogo, assim como Luis Fabiano, e o Atlético afrouxou um pouco a vigilância, o que era lógico, porque não se suporta ritmo frenético do começo ao fim. Mas ainda aumentou a diferença, com Rever. E só levou um susto quando Aloisio (que tinha entrado no lugar de Paulo Miranda) diminuiu.

A derrota coloca pressão sobre o São Paulo, mas não é um desastre, desde que compense no duelo de volta. A conta é simples e rasteira: para classificar-se sem sustos, importa ganhar as três em casa e fazer de 3 a 4 pontos como visitante. É retrospecto que tanto tricolores como mineiros podem cumprir.

Por isso, considero que o Flu foi além, já na primeira partida. Com o 1 a 0 em Caracas (gol de Fred, no primeiro tempo), já tem um saldo significativo nessa estratégia de pontos. Só não vale vacilar quando receber os adversários no Engenhão. Mas, pelo maturidade demonstrada na estreia, é possível prever caminhada bem interessante para o campeão brasileiro.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.