Bale quase estraga o baile da Inter na Copa dos Campeões

Antero Greco

20 de outubro de 2010 | 19h11

A Internazionle ensaiou surra histórica em cima do Tottenham, nesta quarta-feira, em Milão, ao fazer 4 a 0 em 35 minutos de jogo, pela terceira rodada do Grupo A da Copa dos Campeões. O massacre afinal não se consumou porque o time italiano diminuiu o ritmo no segundo tempo e por causa de Gareth Bale. O defensor galês, 21 anos completados em julho, fez os três gols dos ingleses e evitou vexame no Giuseppe Meazza. Foi o herói para seus torcedores, assim como o camaronês Eto’o mais uma vez encantou os tifosi, com os dois gols e as assistências dos outros.

A farra da Inter se desenhou na verdade em 14 minutos, quando saíram os três primeiros gols. O argentino Javier Zanetti fez o primeiro, aos 4 minutos, e Eto’o aumentou aos 9, em cobrança de pênalti cometido pelo goleiro Gomes, que recebeu cartão vermelho. A campeã europeia jogava bem e, com um a mais, passou a mandar no jogo. Stankovic, em bela jogada, fez o terceiro, aos 14. Eto’o ainda aumentou aos 35, fora a saraivada de chutes a gol. A Inter era uma máquina, desenhava uma apresentação de antologia.

Tudo muito bonito e adequado para a Inter abrasileirada, com Maicon, Lúcio, Julio Cesar, Philipe Coutinho como titulares. Então, veio a segunda fase e a Inter ficou na base do toca pra lá e pra cá, à espera de que naturalmente surgissem mais gols. Mas tirou o pé do acelerador, segura do resultado. Tanto que não se abalou com o primeiro gol de Bale, aos 27 minutos, numa bela arrancada. Os italianos mantiveram o ritmo mais cadenciado e só foram se abalar aos 45 e aos 46 com outros dois gols de Bale. A sorte da Inter foi o juiz Damir Skomina apitar o final do jogo aos 47. A Inter lidera com 7 pontos, contra 4 do Tottenham.

Rafael Benitez se preparava para curtir a terceira goleada desde sua chegada à Itália – as outras foram por 4 a 0 contra Bari (Série A) e Werder Bremen (Copa dos Campeões). No fim das contas, saiu de campo preocupado com a queda acentuada no poder de marcação da equipe. Um ponto para discussões, antes do jogo de domingo contra a Sampdoria, pela oitava rodada do Campeonato Italiano. Com 14 pontos, a pentacampeã Inter divide o segundo lugar com o Milan. A Lazio, com 16, está na ponta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.