Coisas que só acontecem com o Botafogo…

Antero Greco

16 de abril de 2011 | 11h19

O título deste comentário remete a uma frase antiga, com a qual o torcedor do Botafogo convive há muito tempo, apesar de incomodá-lo. Resume bem o que se passa num time acostumado a grandes conquistas e a enormes derrapadas. Uma dessas escorregadas está para ocorrer na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. O campeão de 2010 está com um pé fora da semifinal – e por incompetência. Ou inconstância, vai, para não pegar pesado demais com a turma de Herrera e Loco Abreu.

O Botafogo largou muito bem na segunda parte, depois de perder a decisão para o Fla. Foram vitórias seguidas contra Volta Redonda (4 a 2), Nova Iguaçu (1 a 0) e Americano (4 a 0). Liderança no Grupo B e vaga encaminhada. De uma hora para outra, emperrou, a começar com os 2 a 0 para o Vasco que derrubaram Joel Santana. Depois, vieram Boavista (0 a 0), Resende (1 a 1) e Flamengo (2 a 0). Portanto, quatro rodadas sem vencer.

A sequência negativa faz com que o Bota chegue à última rodada com 11 pontos e já sem depender de suas forças para garantir uma vaga. Pega o rebaixado América, no domingo (16 horas), com a obrigação de ganhar e ainda torce por tropeço do Olaria ou do Flu, ambos com 14 pontos e de olho num empatezinho para se livrarem de rival incômodo.

O Olaria enfrenta o Vasco (16 pontos e líder do Grupo A), enquanto o Flu pega o Nova Iguaçu.Tem gente no Botafogo assustada com a possibilidade de o Vasco facilitar, já que no Olaria há várias pessoas que passaram por São Januário e lá deixaram amigos. Suspeita sonsa, que serve para encobrir a incapacidade alvinegra de controlar uma situação que até semanas atrás lhe era favorável. Depender dos outros, ainda mais em futebol, é chamar desgraça.

Tenho a impressão de que o Caio Júnior, que ainda não deu nova cara ao Botafogo, já deve estar ligado na Copa do Brasil e no Brasileiro. Na Copa, a situação também não é das mais folgadas, por causa do empate por 2 a 2 com o Avaí, no Engenhão, no meio da semana. O bicho vai pegar em Florianópolis, no jogo de volta. Nuvens acumulam-se na Estrela Solitária…

Tudo o que sabemos sobre:

BotafogoCaio JúniorCampeonato Carioca

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.