Europeu é tudo gente fina…

Antero Greco

14 de junho de 2012 | 15h51

Via agora há pouco o empate por 1 a 1 entre Itália e Croácia, pelo Grupo C da Eurocopa. O resultado complica a vida da Squadra Azzurra, só pra variar metida em mais um de seus ciclos de crise, dentro e fora de campo. Os crotas, com 4, têm grande chance de passar para a próxima fase e decidem o futuro na segunda-feira diante da Espanha.

Bola à parte, o que me chamou a atenção, novamente, foi o comportamento dos torcedores. Na hora do hino italiano, ouviram-se vaias fortes, no estádio de Poznan, como já havia ocorrido na mesma cerimônia no jogo com a Espanha. Depois, durante a partida, cada vez que Mario Balottelli, atacante italiano negro, pegava na bola, não faltavam sons de ‘buuuu’ vindos das arquibancadas, numa grotesca imitação de macaco.

Ou seja, um festival de atitudes politicamente incorretas, grosserias a dar com pau. Enfim, uma várzea. E não se limitaram ao duelo desta quinta-feira. Têm sido constantes as manifestações racistas, em relação a atletas, a seleções e seus seguidores. A elas, se juntam as brigas entre torcedores. Poloneses, em parte donos da casa, têm dado vexame, seguidos de russos e congêneres. Essas grosserias são camufladas por organização aparentemente impecável.

A gente tende a endeusar os europeus, porque são Primeiro Mundo, porque lá tudo funciona, porque tudo é correto, porque isto, porque aquilo, etc, etc. E comparamos com o que ocorre em nossas competições, invariavelmente depreciadas.

Não gosto de comparações, pois formam a raiz de gestos de intolerância. Parto do princípio de que a ignorância, infelizmente, é mal que aflige o mundo todo. Mas já cobri algumas edições de Copa América, o torneio continental do lado de cá, e nunca vi conflitos semelhantes.

Uma bobagem aqui, um desentendimento ali, uma mal criação acolá. Raramente, porém, algo que emporcalhe a imagem de anfitriões e visitantes. O que não falta é festa, boa vontade, simpatia. Ok, e muita incompetência, compensada com cortesia e sorrisos. Sem ofensas.

E os subdesenvolvidos somos nós…

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Copa AméricaEurocopa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: