Farra corintiana contra time sem sal

Antero Greco

21 de abril de 2016 | 00h25

Os antigos diriam que o Corinthians colocou o segundo quadro em campo. E, mesmo assim, tendo apenas o goleiro Cássio da equipe titular, goleou o Cobresal por 6 a 0, na Arena de Itaquera. Placar construído com aplicação e facilidade.

A aplicação veio da marcação constante e dos ataques em velocidade. A facilidade veio de um adversário frágil e sem motivação. O time chileno foi inútil no ataque e vulnerável na defesa, tanto que em apenas sete minutos Romero, Vilson e Marlone tiveram ótimas chances para abrir o placar.

O primeiro gol saiu aos 9, após cobrança de escanteio: a bola desviada pela zaga sobrou para Marlone sozinho tocar de cabeça para o fundo da rede. Aos 12, o placar ia para 2 a 0, após lançamento de Rodriguinho para Romero, que se deslocou em velocidade, recebeu o passe, driblou para um lado, cortou para o outro e bateu sem chance para o goleiro da equipe chilena.

Um gol mais bonito ainda seria marcado aos 38 minutos, quando Marlone matou no peito e bateu com estilo.

Eram os reservas do Corinthians contra os titulares chilenos, que mais pareciam o tal do segundo quadro. Assim, não foi com surpresa que o lateral-esquerdo Guilherme fez o quarto gol ainda no primeiro tempo, com chute de fora da área.

Ao contrário do que muitos poderiam esperar, os corintianos mantiveram a pegada no segundo tempo. Era um treino, mas tinha algo em jogo e uma torcida empolgada no estádio.

Marlone continuou sendo o destaque da equipe e Elias (que entrou no lugar de William) tabelou com Romero e fez o quinto gol. Para concluir o show alvinegro, o próprio Romero fez o sexto gol do time de Tite, que passou para a próxima fase da Libertadores como primeiro do grupo, ao lado do Cerro Porteño.

De agora em diante, Tite não poderá mais escalar todos os reservas de uma vez: todos os times ruins como o Cobresal já estão eliminados.

(Com participação de Roberto Salim.)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: