Mano apela para Ronaldinho Gaúcho para sair do sufoco

Antero Greco

18 de agosto de 2011 | 12h21

Não fosse mais um retorno de Ronaldinho Gaúcho e a convocação da seleção, na manhã desta quinta-feira, teria passado despercebida. Mano Menezes divulgou lista de jogadores para o amistoso com Gana, no dia 5 de setembro, em Londres, e a presença do meia do Flamengo foi o destaque. Marcelo (Real Madrid), Hulk (Porto) também terão nova chance. E seja o que Deus quiser.

Ronaldinho Gaúcho ganhou vaga por ter voltado a jogar bem. Com gols, assistências e dribles, tem sido um dos responsáveis pela campanha do Fla no Campeonato Brasileiro. Há algum tempo trocou a indolência por eficiência que o tornou o melhor do mundo em duas ocasiões. Além disso, Mano precisa de alguém com nome, qualidade e experiência suficientes para ver se melhora a imagem da seleção.

A campanha na Copa América foi decepcionante e a derrota para a Alemanha, na semana passada, se mostrou constrangedora. Então, dá-lhe, Ronaldinho! Quem acompanha os jogos do Brasil pela televisão percebeu claramente que havia pressão para chamá-lo. Torço para os bons vingarem, e Ronaldinho é dos melhores. Só espero que não seja fogo de palha, como aconteceu nos Jogos de Pequim, quando foi chamado e passou batido. Também não vai adiantar muito Ronaldinho, se o restante do time se comportar abaixo da expectativa, com tem acontecido.

Marcelo é outro que contava com lobby, sobretudo depois da lambança de André Santos em Stuttgart, no terceiro gol alemão. Só que o rapaz foi protagonista de cenas de baixaria explícita no jogo do Real com o Barcelona, na quarta-feira, pela Supercopa da Espanha, ao acertar voadora e tesouras em adversários como Messi. E armou confusão no Camp Nou. Ele que se cuide, pois o Brasil não precisa de mais um “guerreiro” ao estilo Felipe Mello.

O mais bacana nisso tudo é que o jogo com Gana será entre uma rodada de outra do Brasileiro. No fim de semana, times serão desfalcados de atletas importantes, mas a CBF não teve o cuidado de interromper o campeonato. Depois, o grupo volta correndo porque nos dias 7 e 8 tem outra rodada, e um dos jogos será Corinthians x Flamengo. Isso é planejamento.

Dê uma conferida na lista de Mano.

Goleiros: Julio Cesar (Internazionale), Jefferson (Botafogo) e Fábio (Cruzeiro).

Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Danilo (Santos), Adriano (Barcelona), Marcelo (Real Madrid).

Zagueiros: Lúcio (Internazionale), Thiago Silva (Milan), David Luiz (Chelsea), Dedé (Vasco).

Volantes: Lucas Leiva (Liverpool), Elias (Atlético de Madrid), Ralf (Corinthians)
Luiz Gustavo (Bayern).

Meias: Ganso (Santos), Lucas (São Paulo), Fernandinho (Shakhtar Donetsk), Ronaldinho (Flamengo).

Atacantes: Neymar (Santos), Alexandre Pato (Milan), Robinho (Milan), Hulk (Porto), Leandro Damião (Internacional)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.