Resultados jogam pressão no Vasco

Antero Greco

19 de novembro de 2015 | 00h35

O Vasco se deu bem nas últimas rodadas. Fez a parte dele e contou com tropeços da turma da parte de baixo da classificação. Por isso, recuperou a esperança de salvar-se e permanecer na Série A . Com 33 pontos, está em situação difícil, evolução para quem estava desenganado.

Mas a pressão aumenta para o clássico com o Corinthians, nesta quinta-feira. Porque alguns dos ameaçados por degola venceram nesta quarta e mantém embolada essa estranha corrida. O Avaí bateu o Joinville no clássico catarinense e saltou para 38 pontos – 16.ª colocação, no momento. O JEC, com 31, se afunda na lanterna e deve mesmo ir para a Segundona.

Para complicar, dos visitantes surpreenderam. O Coritiba foi a Goiânia e sapecou 3 a 1 no Goiás, outro jogo entre desesperados. O Coxa tem 37 pontos, continua no Z-4, mas mais perto de sair do sufoco. O Goiás, com 34, é outro candidato forte para cair. E o Figueirense foi a Campinas para bater a Ponte Preta por 1 a 0. Com 39, dá uma respirada boa.

Ou seja, o Vasco não sai do quarteto maldito, mesmo que supere o Corinthians. No máximo, volta a ficar a dois pontos do primeiro fora da confusão (como diria Vanderlei Luxemburgo). Empate ou derrota aumentam, de novo, o risco de queda.

Será uma quinta-feira de emoções.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.