Ufa, Seedorf ganha a primeira no Botafogo!

Antero Greco

28 de julho de 2012 | 23h12

Clarence Seedorf disputou três jogos com o Botafogo, todos no Engenhão. Só conseguiu sentir o gostinho da vitória neste último, disputado agora à noite: 1 a 0 sobre o Figueirense, mesmo placar das derrotas para Grêmio e Vasco. O Botafogo quebrou jejum, depois de quatro jogos sem vencer, enquanto o time catarinense subiu para 12 rodadas sem saber o que é sair de campo com triunfo (o único foi na estreia, com 2 a 1 sobre o Náutico).

O jogo que fechou a programação do sábado no Campeonato Brasileiro seguiu a toada dos dois que foram disputados mais cedo (Inter 0 x Vasco 0 e Coritiba 2 x Grêmio 1). Ou seja: teve ritmo arrastado na maior parte do tempo. Uma chatice só. Na primeira fase, principalmente, pouca coisa se destacou. Uma ou outra jogada do holandês e um chute de Elkeson que acertou a trave.

Não mudou muito na segunda metade. A diferença esteve no gol solitário, marcado por Andrezinho aos 15 minutos e que ainda contou com ajuda da defesa do Figueirense. O Botafogo teve o mérito de acelerar um pouco, mostrou-se mais ajustado do que nas outras partidas e voltou a encostar no bloco principal, agora com 20 pontos.

Seedorf também revela entrosamento maior, se soltou, circula mais à vontade pelo meio-campo. Falta-lhe só mais atrevimento para finalizar. De qualquer forma, se percebe o respeito dos companheiros, pois pelos pés dele começaram muitas jogadas. Andrezinho fez o gol, também merece destaque. Mas falta um finalizador para a equipe de Osvaldo de Oliveira.

O Figueirense de tão bela trajetória na Série A do ano passado (esteve perto da Libertadores) se afunda na última colocação. É candidato ao rebaixamento, pelo que tem mostrado até agora.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.