Vasco, a salvação é sonho possível

Antero Greco

31 de outubro de 2015 | 22h49

As estatísticas não são nada benevolentes com o Vasco. Os cálculos matemáticos apontam como complicada a vida cruzmaltina para fugir do rebaixamento nas seis rodadas restantes do Brasileiro. Mas, depois de alguns resultados deste sábado pela 33.ª rodada, dá para manter esperança. Desde, claro, que o time bata o Fluminense neste domingo.

Vejam só como andam as coisas. O Vasco tem 30 pontos e amarga a lanterna. Ok, óbvio que o drama permanece e, para complicar, faz clássico estadual. Com os riscos que isso implica.

Mas o que fizeram outros times que tentam fugir da degola? Foram fiasco neste Dia das Bruxas. O Joinville perdeu para a Ponte por 1 a 0, em Campinas, e não saiu dos 30 pontos. Ou seja, está afundado. O Coritiba recebeu o Figueirense e ficou no 1 a 1. O Coxa tem 34 e é o 17.º colocado; o Figueira tem 36. O Avaí jogou em casa com o Cruzeiro e também empacou no 1 a 1. Com 35 pontos, é o primeiro na boca de espera no Z-4.

A diferença do Vasco, que já foi pra lá de dez pontos, agora é de apenas 5 pontos para o Avaí. O abismo parecia sem fim e agora não é. Uma vitória contra o Flu e ficará embolado, com a cabeça quase fora do poço, e com esperança nas demais cinco rodadas.

A rapaziada de Jorginho só precisa repetir o que tem feito ultimamente: jogar bem, com inteligência. A tarefa não é simples, mas agora possível.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.