As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A piada devia ser boa…

Luiz Carlos Merten

07 de junho de 2006 | 12h59

Li o relato do repórter Marcos Rogério Lopes sobre a dificuldade de se comunicar em alemão. Felizmente, até agora, nenhum taxista ficou bravo comigo… em alguns casos foi meio difícil – dia desses, um deles estava me levando de volta pro mesmo lugar de onde eu tinha vindo – mas estão me entendendo. Agora, se o Marcos Rogério acha que entender alemão é difícil, ele deveria ter ido ao treino da Suécia… aquilo sim é língua complicada. De alemão, se a gente prestar muita atenção (mesmo), até entende uma ou duas palavras… o que não aconteceu comigo, quando ouvi os suecos conversando. Na zona mista, depois do treino, parei em frente ao goleiro Shaaban, para fazer uma pergunta. Um repórter sueco o questionou sobre algum assunto – que não tenho a menor idéia do que seja – e, em seguida, o jogador deu uma gargalhada e olhou prá mim… sem jeito, ri também. A piada devia ser boa, pena que não a entendi.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.