As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A torcida da Holanda, sozinha, já vale o ingresso

Luiz Zanin Oricchio

12 de junho de 2006 | 10h26

Estou me segurando para não comprar uma camisa oficial da Holanda, que aqui custa 65 euros. Em uma loja de Leipzig, vi hoje uma bem mais bonita que a atual, uma que a seleção usou na Copa de 94: a 30 euros. Minhas economias correm perigo…
Quero levar algo para me lembrar futuramente do meu primeiro jogo em Copas do Mundo, Sérvia e Montenegro 0 x 1 Holanda. Depois de conhecer a alegre e divertida torcida holandesa e ver a festa que fizeram no Zentralstadion, ganhei um segundo time para torcer no Mundial.
Numa festa dos sérvios e montenegrinos, perto do meu hotel, pouco antes da partida, os holandeses foram abraçar os rivais. Cantaram, dançaram as músicas típicas tocadas por um conjunto sérvio e tornaram a celebração bem mais interessante.
No estádio, os mais de 30 mil torcedores da Holanda deram um show na hora que começou a execução do hino do país. No mesmo momento, uma chuva de papéis picados, de cor laranja, ajudou a tornar a cena ainda mais emocionante, inesquecível…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.