As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Agulha no palheiro

Cristina Padiglione

13 de junho de 2006 | 19h46

Na Fan Fest, o mundo vestiu as cores do Brasil. Na tentativa de encontrar um grupo de brasileiros, abordei muitos torcedores que tinham alguma semelhança com a nossa animação, o nosso comportamento. Pois bem, apenas na décima tentativa consegui encontrar uma turma brasileira. Mexicanos, guatemaltecos, italianos, alemães, holandeses, americanos, africanos, árabes, todos com a camisa da seleção ou com a bandeira cruzaram meu caminho. Parecia que estava no Brasil ao lado de amigos assistindo à Copa, tamanha a identificação dos torcedores com símbolos nacionais. Encontrar um brasileiro nato estava mais difícil do que achar a agulha no palheiro, apesar da enorme quantidade de brazucas no meio da multidão de 500 mil pessoas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.