As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Boa sorte, Macaca!

miltonpazzi

17 de fevereiro de 2008 | 22h51

Convivi com a história da Ponte Preta de perto, muito perto. O primeiro quarto que conheci em minha vida, obviamente depois do berçário e do quarto do hospital, foi num apartamento perto do Moisés Lucarelli, exatamente no 14.º andar de um prédio azul e branco.

De acordo com meus pais, meu quarto tinha uma ótima vista para o estádio, e pude acompanhar (é claro que não lembro de lance algum) a partida comemorativa da Ponte diante do Corinthians, em 1977, depois de ter perdido o Campeonato Paulista daquele ano justamente para o clube paulistano.

Ao passar dos anos, acompanhei o sofrimento dos torcedores da Ponte Preta, que simplesmente desapareceu do mapa ao final da década de 80, passando amargos anos como mero coadjuvante e freguês de seu grande rival, o Guarani.

Depois, já como jornalista, cobri o ressurgimento da equipe e as boas campanhas, principalmente a do Paulistão de 2001, quando, por muito pouco, não chegou à final, graças ao ‘apagão’ da equipe diante do Botafogo de Ribeirão Preto.

Tal derrota deixou uma marca profunda na torcida, mas principalmente na diretoria, que passou a gastar mais do que podia e, como conseqüência, jogadores deixaram o clube e, para piorar, entraram com ações trabalhistas, como o zagueiro Marinho, ex-Corinthians. O resultado? A queda para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2006.

E, quando tudo parecia novamente perdido, eis que um ex-goleiro, Sérgio Guedes, que ficou marcado de forma positiva e negativa na equipe, ressurge como técnico e leva a equipe à liderança do Paulistão após nove rodadas. É claro que é cedo para comemorar, mas como é bom ver a Macaca em tal posição.

Como testemunha ocular da história ponte-pretana, não escondo minha torcida para que o clube finalmente conquiste o Campeonato Paulista. De todos os clubes que disputam a Série A-1, a Ponte é, certamente, quem mais merece tal conquista. Boa sorte, Macaca!

OLHA O PALMEIRAS AÍ…
São Paulo, Corinthians e o Santos (que vexame) tropeçaram na nona rodada do Paulistão, enquanto o Palmeiras engrenou e goleou o Juventus. O Luxemburgo prometeu que o time iria melhorar, durante entrevista à TV Estadão. Até o momento, ele provou estar certo.

CARIOCA
Flamengo e Botafogo na final da Taça Guanabara. Nada mais justo. Agora, alguém avise o Edmundo que pênalti não é com ele. Depois tem a cara-de-pau de dizer que não deveria ter jogado o clássico. Excelente desculpa…

NBA
Dwight Howard, obrigado pela enterrada no melhor estilo ‘Super-Homem’. Esporte é entretenimento, diversão, e o All-Star Game da NBA ressurge com tamanha criatividade. Infelizmente a Fifa não pensa assim…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.