Chapecoense x Santos: onde assistir, horário e escalação das equipes
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chapecoense x Santos: onde assistir, horário e escalação das equipes

Equipes buscam os três pontos depois de perderem na última rodada do campeonato

Estadão Esportes

31 de julho de 2021 | 21h30

Depois de golear a Juazeirense por 4 a 0 e encaminhar a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil, o Santos viaja para Chapecó (SC) para enfrentar a Chapecoense, neste domingo, às 18h15. A partida, válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, será disputada na Arena Condá. Em busca da primeira vitória na competição, a Chapecoense ocupa a última posição da tabela. O Santos terá a chance de se reabilitar no campeonato com os lanternas depois de perder em casa para Atlético-GO, por 1 a 0, na última rodada. 

Chapecoense e Santos se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro. Foto: Arte/Estadão.

ONDE ASSISTIR 

Chapecoense x Santos terá transmissão ao vivo pelos canais SporTV e Premiere. O Estadão fará o tempo real do duelo.

HORÁRIO E LOCAL 

A partida acontece às 18h15 (de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó.

ESCALAÇÃO PROVÁVEL

Chapecoense: João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Derlan e Busanello; Moisés Ribeiro, Anderson Leite, Léo Gomes (Foguinho) e Felipe Baxola (Lima); Geuvânio e Perotti. Técnico: Jair Ventura

Santos: João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Kaiky e Felipe Jonatan; Camacho, Gabriel Pirani (Carlos Sánchez) e Jean Mota; Marinho, Marcos Guilherme e Kaio Jorge. Técnico: Fernando Diniz

ÚLTIMOS RESULTADOS 

Ambas as equipes se enfrentam na Arena Condá vindo de derrota na última rodada do Campeonato Brasileiro. Na Vila Belmiro, o Santos perdeu para o Atlético-GO, por 1 a 0. Pelo mesmo placar, a Chapecoense foi derrotada pelo Juventude no estádio Alfredo Jaconi, na última segunda-feira, 26. A equipe catarinense ocupa a lanterna da competição, com apenas 4 pontos somados. Com 16 pontos, o Santos inicia a rodada na 12ª posição da tabela.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.