Como implodir o Flamengo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como implodir o Flamengo

André Rigue

23 de abril de 2010 | 21h49

patricia amorim480 divulgacao vipcomm 23042010

A batucada comandada por Vágner Love em protesto contra a demissão do técnico Andrade deixou claro a bagunça que se tornou o Flamengo. O jogador não só fez questão de tornar público o protesto, como também colocou a presidente Patricia Amorim numa tremenda enrascada.

Patricia declarou que decidiu mudar o comando do futebol para colocar ordem na casa. A presidente deixou claro que estava cansada com a falta de comprometimento dos jogadores.

Só neste ano, o Flamengo se viu envolvido em escândalos com Adriano e sua namorada, com declarações polêmicas do goleiro Bruno sobre bater em mulheres, e com brigas interna entre o goleiro e Petkovic.

Isso sem falar de Vágner Love, cujo torcedor palmeirense conhece bem “dentro e fora de campo”.

O treinador que for contrato terá uma missão ingrata. Evitar que o rubro-negro mergulhe num poço sem fundo nos jogos contra o Corinthians pela Libertadores. Uma eliminação nas oitavas de final deixaria o clima ainda mais tenso.

Por tudo o que aconteceu até agora, o Flamengo literalmente deu uma aula de como se implodir.

Tudo o que sabemos sobre:

Flamengo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.