As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Contra Bayern, PSG encara 1º grande desafio após chegada de Neymar

Brasileiro joga pela primeira vez ao lado de Cavani depois de confusão na disputa pelas penalidades

Estadão Esportes

27 de setembro de 2017 | 10h57

O Paris Saint-Germain terá Neymar de volta no duelo desta quarta-feira com o Bayern de Munique, no primeiro grande desafio da equipe francesa após a contratação do brasileiro, enquanto Barcelona e Manchester United vão atrás da segunda vitória, e o Atlético de Madrid receberá o Chelsea.

+ Guia da Liga dos Campeões

No estádio Parc des Princes, o jogo envolve duas equipes que saíram na primeira rodada do grupo B com três pontos. O PSG passou pelo Celtic, na Escócia, goleando por 5 a 0. O novo camisa 10 balançou as redes uma vez, em jogo que o centroavante uruguaio Edinson Cavani fez dois gols e o atacante Kylian Mbappé um.

Há pouco mais de uma semana, Neymar e o único integrante do trio de ataque que já estava na equipe, protagonizaram polêmica pelo direito de cobrar pênaltis e faltas, que segundo o técnico espanhol Unai Emery, já é situação superada internamente no elenco.

“Já falei com os jogadores. Eles sabem como as coisas vão funcionar dentro de campo e nos pênaltis”, garantiu o comandante, em entrevista coletiva concedida na véspera do duelo.

No encontro com os jornalistas, Emery ainda aproveitou para cravar que Neymar estará em campo contra o Bayern, após ser preservado do duelo com o Montpellier, pelo Campeonato Francês, que terminou 0 a 0. Segundo a imprensa francesa, o brasileiro apresentou problema em dedão do pé direito, por isso, ficou fora do jogo.

+ Desabrigado por guerra, time realiza sonho na Liga dos Campeões

Outro que está liberado para participar normalmente da segunda rodada do grupo B, segundo o técnico do PSG, é o meia argentino Ángel Di María, recuperado de lesão muscular. Com isso, o único desfalque certo é outro meia argentino, Javier Pastore, que está lesionado.

O Bayern de Munique, por sua vez, começou a campanha na fase de grupos vencendo o Anderlecht, em casa, por 3 a 0. O time bávaro, diferente do rival parisiense, que lidera o Francês, aparece apenas na terceira colocação do Campeonato Alemão, depois de ter empatado com o Wolfsburg em 2 a 2.

A equipe, que conta com o lateral-direito brasileiro Rafinha, tem apenas um desfalque certo, o lateral-esquerdo espanhol Joan Bernat. O meia espanhol Thiago Alcântara, filho do tetracampeão mundial Mazinho, e o lateral-esquerdo David Alaba são dúvidas para o duelo.

Também pelo grupo B, Anderlecht e Celtic se enfrentarão na Bélgica, de olho na reabilitação. Os dois times têm como maior objetivo na chave alcançar a terceira colocação, que garante a possibilidade de disputar as fases eliminatórias da Liga Europa.

O Barcelona visitará nesta quarta-feira o Sporting, em Lisboa, em duelo dos dois times que venceram na primeira rodada do grupo D. O time catalão chega com moral por ter batido a Juventus no estádio Camp Nou por 3 a 0, graças a grande atuação e dois gols do atacante argentino Lionel Messi.

Na Itália, A Juventus joga em casa com o Olympiacos. O vice-campeão europeu chega com problemas no meio-campo, já que o italiano Claudio Marchisio e o alemão Sami Khedira são dúvidas para o técnico Massimiliano Allegri.

O grupo A também terá duelo de líderes, já que o Manchester United visitará o CSKA Moscou. O time inglês não terá o francês Paul Pogba e o belga Marouane Fellaini, ambos lesionados. Por outro lado, o lateral-direito brasileiro Mário Fernandes é dúvida no time russo.

Na Suíça, o Benfica tentará se reerguer, encarando o Basel. Os portugueses contam com o faro de gol do Jonas. O ex-Santos e Grêmio é artilheiro do Campeonato Português até o momento, com oito gols. Por outro lado, o lateral-direito Douglas está vetado pelo departamento médico.

No estádio Wanda Metropolitano, Atlético de Madrid e Chelsea farão duelo de peso, dias depois volta do atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa ao time da capital espanhola. O jogador, no entanto, não atuará, por não estar inscrito na competição.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.