Corinthians x Coritiba: onde assistir, escalação, horário e classificação
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Corinthians x Coritiba: onde assistir, escalação, horário e classificação

Pelo Campeonato Brasileiro, equipes se enfrentam na Arena Corinthians

Daniel Batista

18 de agosto de 2020 | 09h56

Na parte debaixo da tabela, Corinthians e Coritiba se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena Corinthians. O confronto válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro vai ter transmissão na TV aberta e no pay-per-view.

Onde assistir Corinthians x Coritiba ao vivo?

O jogo terá transmissão na TV Globo (para São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Alagoas, Ceará, Maranhão, Pará e Distrito Federal) e Premiere. O Estadão fará tempo real.

Corinthians x Coritiba: onde assistir

Corinthians x Coritiba: veja como assistir. Foto: Arte/Estadão

Escalação

  • Corinthians: Cássio, Fagner, Gil, Danilo Avelar e Sidcley; Gabriel (Éderson), Cantillo, Ramiro, Luan e Everaldo (Mateus Vital); Jô
  • Coritiba: Wilson; Patrick Vieira, Rhodolfo, Sabino e William Matheus; Matheus Bueno, Matheus Galdezani e Yan Sasse; Neílton (Ruy), Robson e Igor Jesus

Horário

21h30, horário de Brasília, nesta quarta-feira.

Classificação

O Corinthians é apenas o 17ª colocado, com um pontos, conquistado no empate sem gols com o Grêmio, em Porto Alegre, na última rodada. O Coritiba é o lanterna, com zero, e na rodada passada perdeu por 1 a 0 para o Flamengo.

Arbitragem

  • Árbitro: Bráulio da Silva Machado-SC
  • Árbitro Assistente 1: Henrique Neu Ribeiro-SC
  • Árbitro Assistente 2: Éder Alexandre-SC
  • Quarto Árbitro: Ilbert Estevam da Silva-SP
  • Analista de Campo: Marcelo Rogério-SP
  • Árbitro de Vídeo: Marcelo de Lima Henrique-RJ
  • Assistente de Árbitro de Vídeo 1: Antonio Dib Moraes de Sousa-PI
  • Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Clóvis Amaral da Silva-PE
  • Observador de VAR: Marcio Eustáquio Sousa Santiago-MG

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.