As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Deivid, o artilheiro dos ‘gols perdidos’

Tércio Braga

23 de fevereiro de 2012 | 17h34

Ex-futuro herói flamenguista, Deivid virou vilão da vez na Gávea ao perder, talvez, o gol mais feito do ano. Sozinho, sem goleiro, “a dois passos do paraíso”, o ataque conseguiu acerta a bola na trave após cruzamento de Leó Moura, no lance que acabou sendo decisivo para a vitória do Vasco, por 2 a 1, na semifinal da Taça Guanabara.

O lance, porém, não foi a primeira “obra-prima” do jogador no Flamengo. Deivid já desperdiçou ao menos quatro chances claríssimas de gol. Assista os outros ‘micos’ do atacante:

Mas perder ‘gols feitos’ não é privilégio somente de Deivid. Outros jogadores, inclusive de fora do Brasil, também tiveram muito do que se envergonhar. Confira:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.