As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Doping: 1 ano.

Teresa Ribeiro

23 de março de 2007 | 15h39

O “boato” é uma das piores pragas na vida de um jornalista. Às vezes, uma informação correta passa a ser tida como falsa e o “boato” passa a ser verdade. E um exemplo desta situação ocorreu na quinta-feira com o caso de doping do zagueiro Renato Silva, do Fluminense.

Renato Silva teve resultado positivo para uma substância química derivada da maconha. Logo, muitos veículos começaram a informar que o atleta poderia ser suspenso por dois anos. E a história não é essa. Com a palavra, o procurador do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Paulo Schmitt, um dos criadores do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD):

“A Wada (Agência Mundial Anti-doping) recomenda a suspensão por dois anos mas no Brasil o que prevalece é o CBJD. Sei que há um conflito entre essas duas leis, mas enquanto não adotamos o código internacional, vale o nosso”.

Art. nº 244 do CBJD: Ser flagrado, comprovadamente dopado, dentro ou fora da partida, prova ou equivalente.
Pena: suspensão de 120 a 360 dias e eliminação na reincidência.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.