As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Espelho, espelho meu…

Teresa Ribeiro

19 de março de 2007 | 20h10

O meia Carlos Alberto, do Fluminense, se defendeu nesta segunda (19) das críticas de que seja um jogador violento. Argumentou que os torcedores cariocas podem estar estranhando sua maneira de atuar porque passou pela Europa – defendeu o Porto – e por São Paulo – no Corinthians – onde o futebol é de “mais pegada”.

O discurso do jogador ressuscita a velha tese de que o futebol carioca é mais bonito do que o de São Paulo. Particularmente, não sou um árduo defensor desta tese, apesar de ter simpatia por ela.

Mas, acho que o “espírito carioca”, as belezas da cidade e o “maior estádio do mundo” contribuem para criar um cenário “romântico”, propício a esse tipo de afirmação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.