As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Façam suas apostas!

miltonpazzi

17 de março de 2008 | 03h04

Como não poderia deixar de ser, o assunto deste post é goleada do Palmeiras por 4 a 1 diante do São Paulo, que colocou o time de Luxemburgo na segunda posição e, de quebra, deixou o rival fora do G-4.

A questão matemática, no entanto, é irrelevante quando uma equipe obtém tamanha vitória num clássico. A cada rodada, o Palmeiras mostra que é o time a ser batido neste Paulistão.

Agora, que fique bem claro que o São Paulo fez uma boa partida. Inclusive, arrisco a dizer que a equipe de Muricy Ramalho fez seu melhor primeiro tempo desta temporada. Com muita aplicação, o time tricolor abriu o placar e, por felicidade de Kleber, não conseguiu mantê-la para a segunda etapa.

OS PÊNALTIS
Por mais que existam diferentes versões, os três pênaltis foram bem marcados, mas a arbitragem errou feio ao não ter expulsado Kleber, que deu uma cotovelada irresponsável, que poderia ter criado um baita problema para o zagueiro André Dias. É preciso ter mais zelo para com o companheiro de profissão.

Sem Kleber, o Palmeiras certamente teria mais dificuldades, mas hipóteses não ganham jogo; sevem apenas para aumentar a discussão.

MOLEQUES TRAVESSOS
O Corinthians tinha tudo para assegurar a segunda posição, mas alguns jogadores, de acordo com o próprio Mano Menezes, simplesmente esqueceram de jogar bola, e o resultado foi um empate inesperado diante do Juventus. Que o tropeço sirva de lição para os moleques do Parque São Jorge nas próximas rodadas.

FAÇAM SUAS APOSTAS
Senhores, chegou a hora dos palpites. Eu listei os últimos quatro jogos dos 10 primeiros colocados.

Realizando uma análise supérflua, o São Paulo, mesmo com a derrota, tem tudo para garantir uma das vagas, pois tem o caminho – teoricamente – mais fácil. Além disso, teremos vários confrontos diretos dos primeiros colocados, enquanto o São Paulo enfrenta apenas equipes que não lutam por mais nada ou apenas para escapar do rebaixamento.

Vou observar cautelosamente os palpites dados aqui para fazer um novo post, com uma análise mais profunda sobre o cenário que veremos na reta final de classificação. Como é bom essa história de semifinal, não acham?

Bom palpite!

1 – Guaratinguetá – 31 pontos
Santos (c)
Mirassol (f)
Sertãozinho (c)
Ituano (f)

2 – Palmeiras – 28 pontos
Paulista (f)
Portuguesa (c)
São Caetano (c)
Barueri (f)

3 – Ponte Preta – 27 pontos
Sertãozinho (f)
Rio Claro (f)
Noroeste (c)
Santos (f)

4 – Corinthians – 27 pontos
Rio Claro (c)
Santos (f)
Marília (c)
Noroeste (f)

5 – Barueri – 26 pontos
Marília (f)
Noroeste (c)
Portuguesa (f)
Palmeiras (c)

6 – Noroeste – 26 pontos
Mirassol (c)
Barueri (f)
Ponte Preta (f)
Corinthians (c)

7 – São Paulo – 26 pontos
Guarani (f)
Sertãozinho (c)
Bragantino (f)
Juventus (c)

8 – Portuguesa – 24 pontos
Rio Preto (f)
Palmeiras (f)
Barueri (c)
Sertãozinho (f)

9 – Santos – 23 pontos
Guaratinguetá (f)
Corinthians (c)
Rio Claro (f)
Ponte Preta (c)

10 – Mirassol – 23 pontos
Noroeste (f)
Guaratinguetá (c)
Ituano (c)
São Caetano (f)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.