As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festa das Nações

Luiz Carlos Merten

12 de junho de 2006 | 10h02

No café da manhã, hoje, no hotel, me senti como se estivesse na Festa das Nações. Na minha frente, vários angolanos lamentavam a derrota de sua seleção para Portugal – gesticulando muito, uma das mulheres comentou: “tomar um gol daqueles, em quatro minutos… faça-me o favor !” Ao lado, italianos conversavam entre si – um deles falava alto, ao celular – e observavam, curiosos, o jeito brincalhão de ser dos africanos. Numa outra mesa, uma família alemã conversava algo incompreensível para mim. E os funcionários do hotel, solícitos ao extremo, conversavam com todos numa mistura de alemão e inglês. Só a Copa do Mundo, mesmo, para reunir tantos povos, culturas e idiomas num mesmo recinto. Ou a Festa das Nações.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.