Liverpool x Real Madrid: onde assistir, horário e escalação das equipes
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Liverpool x Real Madrid: onde assistir, horário e escalação das equipes

Equipes decidem a final da Liga dos Campeões neste sábado, no Stade de France, em Paris

Estadão Esportes

27 de maio de 2022 | 15h35

Liverpool e Real Madrid decidem a final da Liga dos Campeões neste sábado, em jogo único, no Stade de France, em Paris, na França. As equipes reprisam a decisão da temporada 2017/2018, quando a equipe espanhola venceu por 3 a 1, na Ucrânia.

O Liverpool joga sua terceira final de Liga dos Campeões e busca a sua sétima taça da competição. Por sua vez, o Real, maior campeão do torneio, disputa a sua quarta decisão em seis anos e vai em busca da sua 14ª orelhuda.

Liverpool e Real Madrid fazem a final da Liga dos Campeões. Foto: Arte/Estadão

As dúvidas nas escalação, pelo lado do Liverpool, fica por conta de Fabinho e Thiago Alcântara, que ainda se recuperam de lesão. Do outro lado, Ancelotti  mantém mistério se escolherá por Rodrygo ou Valverde.

ONDE ASSISTIR

Liverpool x Real Madrid terá transmissão ao vivo pelo SBT (TV aberta), TNT Sports (canal fechado) e HBO MAX (streaming). O Estadão acompanha a partida em tempo real.

HORÁRIO E LOCAL

A partida acontece às 16h (horário de Brasília), no Stade de France, em Paris-FRA

ESCALAÇÃO PROVÁVEL

  • Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Konaté, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Henderson e Thiago (Keita); Salah, Mané e Luis Díaz. Técnico: Jürgen Klopp.
  • Real Madrid: Courtois; Carvajal, Militão, Alaba e Mendy; Casemiro, Modric e Kroos; Valverde (Rodrygo), Vini Jr. e Benzema. Técnico: Carlo Ancelotti.

ÚLTIMOS RESULTADOS

O Liverpool passou à final após bater o Villarreal em grande virada, por 3 a 2, na Espanha, depois de vencer o jogo de ida por 2 a 0, em Anfield. O Real se classificou com uma virada épica sobre o Manchester City, por 3 a 1, com direito a dois gols nos acréscimos, depois de perder por 4 a 3 na Inglaterra.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.