As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Luz no final do túnel, ou não?

Tércio Braga

01 de outubro de 2007 | 14h36

O GP do Japão pode ser uma daquelas corridas para serem esquecidas pelo pessoal da Red Bull/Toro Rosso. Correndo em um histórico terceiro lugar, Sebastian Vettel, da Toro Rosso, abandou a prova do último domingo depois de bater na traseira do carro de Mark Webber, da Red Bull, que era segundo e também deixou a corrida. Depois da prova, o alemão acabou sendo punido pela FIA por causa da batida e vai perder 10 posições no grid para o GP da China, do próximo final de semana.

Mas a fase ruim não acabou por aí. Vitantonio Liuzzi terminou a corrida em oitavo, marcando o primeiro ponto da Toro Rosso no ano, mas recebeu um acréscimo de 25 segundos por ter ultrapassado em bandeira amarela, perdendo assim o ponto conquistado.

Revoltada com tanto azar, a Red Bull/Toro Rosso usou de sarcasmo para comentar os acontecimentos da corrida. “Parecia que havia uma luz no fim do túnel, mas na verdade o que veio foi um trem em sentido contrário.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: