As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Massa nos dá esperança

Robson Morelli

09 de março de 2007 | 20h59

Pode parecer cedo e precipitado, mas acho que Felipe Massa nos fará ouvir novamente o Hino Nacional e aquela ‘musiquinha’ da Rede Globo (Tantantán) nos domingos de manhã. Hino aliás banalizado neste Campeonato Paulista.

A temporada de F-1 começa dia 18, em Melbourne. Já cobri três GPs no Brasil e sei que somente o talento não dá a vitória ao melhor competidor. Há uma seqüência de fatores no dia da prova, desde acerto do carro até condições da pista, que fazem diferença. Os especialistas podem explicar isso melhor.

Mas com Massa, a impressão que se tem é que agora voltamos a ter um piloto que acelera, sem medo ou receio – pelo menos sem receio até o primeiro acidente, e queira Deus que esse menino nunca se machuque.

Ele estará na Ferrari, paixão de muitos brasileiros também. Seria uma combinação perfeita, um piloto ganhador e a escuderia mais lembrada pelo público em todos os circuitos. Se assim for, a F-1 voltará a falar português…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.