México x Brasil: onde assistir, horário e escalação das equipes
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

México x Brasil: onde assistir, horário e escalação das equipes

Seleções reeditam final olímpica de Londres-2012 em jogo que vale vaga para final

Estadão Esportes

02 de agosto de 2021 | 22h20

México e Brasil se enfrentam nesta terça-feira, às 5h (de Brasília), em partida decisiva que vale vaga para a final da Olimpíada de Tóquio 2020, e a garantia de mais uma medalha para cada um dos países. O palco da semifinal será o Estádio de Kashima, na cidade de Ibaraki. O jogo vai reunir as duas últimas seleções campeãs olímpicas. Em 2012, o Brasil e México fizeram a decisão em Londres, com os mexicanos levando a melhor e sagrando-se campeões. E, quatro anos depois, o Brasil chegou a mais uma final e derrotou a Alemanha para conquistar o ouro inédito.

México e Brasil se enfrentam pelas quartas de final do Jogos Olímpicos. Foto: Arte/Estadão.

ONDE ASSISTIR

Brasil x México terá transmissão ao vivo pelos canais Globo, Sportv e Bandsport. O Estadão fará tempo real do duelo.

HORÁRIO E LOCAL

A partida acontece às 5h (de Brasília), no Estádio de Kashima, em Ibaraki.

ESCALAÇÃO PROVÁVEL

Brasil:Santos, Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho; Antony, Matheus Cunha (Paulinho) e Richarlison. Técnico: André Jardine

México: Ochoa; Lorona, Montes, Vasquez, Angulo; Rodriguez, Cordova, Romo; Lainez, Martin, Vega.Técnico: Jaime Lozano

ÚLTIMOS RESULTADOS

Para chegar à decisão contra o México, o Brasil precisou derrotar o Egito, no último sábado. O placar magro de 1 a 0, gol de Matheus Cunha, não traduziu o que foi a partida, considerada uma das melhores da seleção brasileira no Japão. Os atuais campeões olímpicos ainda não perderam na competição e possuem um retrospecto de três vitórias e um empate. Os mexicanos chegam motivados para a semifinal e confiantes no seu ataque, o melhor da Olimpíada, com 14 gols marcados. Seis deles aconteceram no último jogo, na goleada por 6 a 3 contra a Coréia do Sul, nas quartas de final.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.