As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os novos rumos do Corinthians com Andrés Sanchez

miltonpazzi

09 de outubro de 2007 | 22h24

A eleição de Andrés Sanchez na noite desta terça-feira para o cargo de presidente do Corinthians marca o fim da era Dualib. O novo caminho significa que o time voltará a ter o sucesso de antes e conseguirá acabar com os problemas? É difícil falar. O estilo Sanchez de comandar ainda é pouco conhecido. Sabe-se que ele é direto nas atitudes, mas isso não garante que conseguirá fazer tudo o que prentende. A diferença da vitória é pequena, apenas 17 votos de vantagem.

Todos os candidatos se declaram amigos e se esforçaram para demonstrar união pelo bem do clube. Isso, porém, deve durar pouco. Fica claro que o conselho está dividido novamente. E isso é bom para o Corinthians, para a democracia. A primeira atitude a ser tomada – além de assinar a ata, como repetiu Sanchez constantemente – é a maior de todas: manter o time na Série A do Campeonato Brasileiro. São oito jogos para isso e só o tempo dirá.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: