As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Palmeirenses reclamam de perseguição a Felipão

Estadão Esportes

23 de agosto de 2011 | 11h06

Por Daniel Batista

Além da polêmica sobre o fato do atacante Kleber ser cadastrado como membro da Gaviões da Fiel, torcida do Corinthians, outro assunto toma conta do Palmeiras. O técnico Luiz Felipe Scolari reclama de perseguição da arbitragem neste Campeonato Brasileiro e diz que isso está atrapalhando seu trabalho.

O treinador do Palmeiras foi julgado segunda-feira e suspenso por dois jogos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão na vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-MG. O árbitro daquela partida, Sandro Meira Ricci, acusou o treinador de incitar a violência e xingá-lo.

Como a punição é válida para competições nacionais, Felipão não comandará a equipe contra o Corinthians, domingo, em Presidente Prudente, e contra o Botafogo, dia 31, no Rio. No jogo diante do Vasco, nesta quinta-feira, pela Sul-Americana, ele  ficará normalmente no banco.

Felipão reclamou muito de perseguição do juízes. “Eu vou ter de ficar sentado no banco e deixar o Murtosa (seu auxiliar) falar. Eu levanto e já querem me tirar do jogo.” Os jogadores defendem o chefe e também condenam a arbitragem nos jogos do Palmeiras. “Os árbitros estão perseguindo muito o Felipão”, disse o zagueiro Henrique.

E você? Acha que realmente Felipão é perseguido pela arbitragem ou é apenas uma forma de se defender das críticas?

[poll id=”123″]

Tudo o que sabemos sobre:

FelipãofutebolPalmeiras

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.