As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Porque a MotoGP não vem para SP

miltonpazzi

10 de fevereiro de 2010 | 16h07

A MotoGP não terá uma etapa disputada em São Paulo em 2011 por duas exigências consideradas inviáveis: as obras e o dinheiro.

Claude Danis, presidente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), queria seis milhões de euros (cerca de R$ 15,2 milhões) e a demolição da arquibancada nova na reta dos boxes de Interlagos, além de uma parte da arquibancada da entrada, para áreas de escape.

A atitude do pessoal da FIM foi considerada arrogante e avalia-se que, no fundo, não queriam voltar ao Brasil agora. Para nós, continua o de sempre: ou viajamos para assistir ou vemos pela televisão.

Tudo o que sabemos sobre:

MotoGPvelocidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.