Que tradição?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Que tradição?

Eliana Souza

15 Janeiro 2007 | 20h10

Foto: Divulgação

O uniforme número 3 é uma idéia interessante, utilizada com sucesso no futebol europeu, e que já há alguns anos os clubes tentam emplacar no Brasil. Mas é preciso bom senso, e este faltou à Nike no desenho do novo modelo alternativo do Corinthians, que será utilizado no Paulistão que começa quarta-feira. O modelo, apresentado nesta segunda-feira com fotos do zagueiro Betão, é apontado no release da empresa como uma “homenagem à tradição do Corinthians”.

O jornalista e historiador Celso Unzelte, autor de dois livros sobre o Corinthians, informa que esse modelo foi usado em algumas partidas nos anos de 1971 e 1972. Anos que, como qualquer corintiano sabe, fazem parte do tempo do jejum de títulos, período entre 1954 e 1977 em que a sala de troféus do Parque São Jorge não recebeu nenhuma aquisição relevante.

Como se não bastasse o duvidoso gosto estético do uniforme, espécie de “negativo” da camisa número 2, fica a pergunta: que tradição a Nike quer resgatar com esse uniforme? A da fila?