As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Santos merecia ter se classificado

André Rigue

23 de maio de 2008 | 00h28

Um gol mal anulado no jogo no México. Um pênalti duvidoso não marcado sobre Kléber Pereira na Vila Belmiro. E o Santos deu adeus à Copa Libertadores. O técnico Emerson Leão, acostumado a reclamar, desta vez tem todo o direito de chiar com a arbitragem.

O América-MEX, que já havia eliminado o Flamengo, chega às semifinais com um futebol burocrático, parecido com aquele apresentado pelo colombiano Once Caldas, quando este foi campeão, em 2004. Pelo que mostrou na Vila, o time mexicano não merece ser campeão.

O Santos deixou o campo justamente aplaudido por seus torcedores. Que este apoio continue para o Brasileirão. O time tem tudo para fazer um bom campeonato.

O único brasileiro que sobrou na Libertadores é o Fluminense. Vai pegar o Boca. Que o tricolor carioca fique de olho na arbitragem. O mesmo para o LDU, que vai pegar o América-MEX.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.