As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

São Paulo e Palmeiras, sobe; Santos, desce

miltonpazzi

17 de julho de 2008 | 00h36

Fosse a classificação do Campeonato Brasileiro um elevador, Palmeiras e São Paulo estão felizes dizendo ao quase extinto ascensorista “sobe”, após a rodada desta quarta-feira, a 12.ª. Por outro lado, o Santos teria de esperar outro e ter de dizer, de cabeça baixa mais uma vez, desce.

O duro é saber em qual andar o time alvinegro vai parar. Pelo futebol do jogo contra o Figueirense, será difícil sair da zona de rebaixamento. Nervosismo é um dos problemas e este dá para resolver com conversa. O problema é o resto. Domingos foi o ícone do time no jogo: péssimo. Ele empurrando Fabiano Eller numa disputa de bola na área é o exemplo do que não se fazer. E acredito que Cuca não é o problema.

Já o torcedor são-paulino viu Éder Luís fazer um golaço e uma boa vitória. É só algum dos times acima bobear que entra na zona de classificação da Libertadores. A vitória no domingo sobre o Palmeiras fez bem. E falando no time alviverde, Kleber deu o ar da graça. Foi decisivo com os dois gols. É só botar a cabeça no lugar que vai para cima. E o ascensorista deste fictício elevador que seria a classificação não vai parar para ele sair tão rápido.

NA ESPREITA
Só não pode bobear com o Cruzeiro, que de novo segue no alto da tabela. Resta saber quanto tempo vai durar, assim como Flamengo. Essa opinião vale pelo retrospecto de anos anteriores. Mas já dá sinais que vai cair por terra pelo futebol de ambos, principalmente do time rubro-negro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.