São Paulo x Palmeiras: onde assistir, horário e escalação das equipes
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

São Paulo x Palmeiras: onde assistir, horário e escalação das equipes

Clássico será válido pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro

Estadão Esportes

19 de junho de 2022 | 20h26

Após terem decidido as finais do Campeonato Paulista deste ano, São Paulo e Palmeiras voltam a duelar nesta segunda-feira. Desta vez, o embate marcado para às 20h00 (horário de Brasília) é válido pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Em busca de engrenar na competição, os comandados de Rogério Ceni terão de superar os desfalques para superar o rival. Gabriel Sara, Nikão, Alisson, Talles Costa, Luan e Caio estão lesionados. A situação do líder do campeonato é parecida, já que a equipe terá as ausências de Abel Ferreira (covid-19), Raphael Veiga, Zé Rafael e Marcos Rocha (lesionados)

São Paulo e Palmeiras se enfrentam nesta segunda-feira pelo Brasileirão (Arte/Estadão)

ONDE ASSISTIR

O duelo entre São Paulo e Palmeiras terá transmissão do Premiere (pay-per-view). O Estadão acompanha a partida em tempo real.

HORÁRIO E LOCAL

A partida acontece às 20h00 (horário de Brasília), no estádio do Morumbi, em São Paulo-SP.

ESCALAÇÃO PROVÁVEL

  • São Paulo: Jandrei; Diego Costa, Arboleda e Léo; Igor Vinicius (Rafinha), Igor Gomes, Rodrigo Nestor, Patrick (Gabriel Neves) e Reinaldo (Welington); Luciano e Calleri. Técnico: Rogério Ceni
  • Palmeiras: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Piquerez; Danilo, Gabriel Menino e Gustavo Scarpa; Gabriel Veron, Dudu e Rony. Técnico:  João Martins.

ÚLTIMOS RESULTADOS

Os São Paulo chega para o clássico de uma derrota. A equipe comandada por Rogério Ceni foi derrotada pelo Botafogo por 1 a 0, fora de casa. Já a situação do Palmeiras é oposta. Os líderes do campeonato atropelaram o Atlético-GO por 4 a 2 na última rodada, em partida realizada no Allianz Parque.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.