Sem Diego Souza, Palmeiras é um time comum
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sem Diego Souza, Palmeiras é um time comum

João Fernando

13 de outubro de 2009 | 00h04

O fato de o treinador tricampeão brasileiro Muricy Ramalho ter assumido o Palmeiras durante o Campeonato Brasileiro, após uma mal explicada demissão do São Paulo, fez com que todos os holofotes se voltassem para ele. A cada passo do alviverde paulista rumo ao título, o mundo do futebol não se cansa de reverenciar o comandante, que sem dúvida nenhuma merece os elogios. Afinal, ninguém fica no topo tanto tempo sem ter competência.

No entanto, é preciso ressaltar que Muricy não é o grande destaque do Palmeiras neste Brasileirão. O nome do craque do momento é Diego Souza, disparado o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro.

É fato que o Palmeiras tem um bom time e um elenco razoável, mas sem o meia a corrida pelo título certamente seria mais complicada. Os números comprovam esta afirmação – das cinco derrotas do clube do Palestra Itália no torneio, três foram sem Diego Souza -, mas não é apenas isso que mostra a grande importância do atleta para o time.

Quando Diego Souza está em campo, o Palmeiras, mesmo que não esteja jogando bem, sempre pode chegar ao gol em um lance de inspiração dele. Foi assim nas vitórias contra o Santos, Cruzeiro, Internacional, Fluminense, Santo André, Flamengo…

Diego Souza chegou ao Palmeiras no início do ano passado, teve um início ruim, e por isso até hoje muitos acreditam que a fase boa do jogador é algo passageiro. Mas o fato é que a cada jogo ele tem calado os críticos.

Até quando não joga o meia é destaque. No partida desta segunda-feira contra o Náutico em Pernambuco, ficou claro que o time alviverde sentiu demais a ausência do atleta e levou 3 a 0 de um clube que briga contra o rebaixamento. Diante do Avaí na quinta foi a mesma coisa. Muricy Ramalho, por mais quem tente, não consegue armar uma equipe forte sem ele. O Palmeiras, sem Diego Souza, é simplesmente um time comum.

(A seleção da 29.ª rodada do Brasileirão será publicada nesta terça-feira)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: