Shaq dá o ar de sua graça no título dos Lakers
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Shaq dá o ar de sua graça no título dos Lakers

miltonpazzi

15 de junho de 2009 | 04h41

Acompanhe aqui a cobertura completa das finais da NBA!ORLANDO* – Nada que um título não faça. Agora que Kobe Bryant é campeão da NBA pela quarta vez, eis que Shaquille O’Neal dá um jeito de aparecer. Em seu twitter, um dos mais famosos, Shaq congratula seu ex-desafeto, dizendo que o número 24 dos Lakers mereceu o título e que está entre os melhores de todos os tempos.

Tranquilo, Bryant não quis entrar na questão, mas não deixou de declarar o quanto é bom finalmente deixar para trás os comentários de que só havia vencido os três primeiros títulos de sua carreira graças à presença de Shaq. “É como se um macaco tivesse saído das minhas costas. É um alívio tremendo”, disse o jogador, após a conquista do quarto título com o time de Los Angeles.

Shaq também não esqueceu mais um desafeto: o técnico Phil Jackson. O pivô, que hoje joga pelo Phoenix Suns, disse que seu ex-treinador é o maior de todos, mas deu sua cutucada: “Isso serve para mostrar que quando o general não entra em pânico, o time não entra em pânico”, disse o jogador de 36 anos. Para bom entendedor, meia palavra basta.

NOVA CASA
Além de dar parabéns aos desafetos pela Internet, Shaquille O’Neal parece que voltará a jogar na Conferência Leste, especificamente o Cleveland Cavaliers, que procura desesperadamente por um astro para jogar ao lado de LeBron James e, assim, conquistar seu primeiro título da NBA.

A troca começou a ser cogitada pouco antes do All-Star Game da temporada que terminou, mas o acordo não aconteceu. Agora, especula-se que o Cleveland daria Sasha Pavlovic e Bem Wallace pelo grandalhão.

O Phoenix Suns não estaria interessado em tais atletas, mas sim em se desfazer do salário de Shaq, que é mais de US$ 20 milhões (cerca de R$ 38,4 milhões).

* Enviado especial do ‘estadao.com.br’ aos Estados Unidos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: