As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Uma seleção brasileira poliglota

Lucas Nobile

09 de junho de 2006 | 17h02

Astros no futebol europeu, os jogadores da seleção brasileira mostram muita desenvoltura quando atendem a imprensa internacional nas entrevistas em Königstein. Muitos deles falam outras línguas e chegam a deixar o português de lado para responder as perguntas.

Depois de 5 anos no Lyon, Juninho Pernambucano mostra um francês fluente quando atende a imprensa da França. Goleiro do Milan, Dida usou seu italiano para responder uma pergunta na entrevista coletiva. Ronaldinho Gaúcho também usa o espanhol aprendido no período de Barcelona. E Lúcio, do Bayern de Munique, fala alemão tranqüilamente quando precisa.

Até o técnico Parreira não hesita em falar em inglês quando atende a imprensa internacional nas entrevistas coletivas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.