As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Uma vitória com a cara de Mano Menezes

André Rigue

29 de maio de 2008 | 01h09

O Corinthians tem a cara de seu treinador. Mano Menezes mostra que é especialista em torneios mata-mata. Com um time pegador e cheio de garra, o técnico conseguiu chegar à decisão da Copa do Brasil.

A vitória sobre o Botafogo no Morumbi foi incontestável. O clube carioca, aliás, também é a cara de seu treinador, o Cuca. Mais uma vez ficou no “quase” – Cuca pode ir para o Santos.

No começo do ano, Mano pegou um time sem base e, principalmente, sem confiança. Aos poucos, ele conseguiu dar um padrão de jogo à equipe e resgatou o animo do torcedor.

O corintiano não assiste mais a um jogo do time temendo uma derrota, como no Brasileirão de 2007. Hoje, o corintiano vê um time que, mesmo não sendo técnico, luta até o final.

A decisão será contra o Sport Recife. Um adversário dificílimo de ser batido na Ilha do Retiro. Os dois times chegam com méritos pelo que apresentaram. Será um duelo emocionante.

Se for campeão, o Corinthians garantirá vaga na Copa Libertadores, torneio cujo título é tão sonhado pelos torcedores. E o alvinegro paulista tem um técnico especialista para este tipo de competição.

E Edmundo… Bem, mais uma vez ele foi cobrar um pênalti decisivo. E mais uma vez errou. Uma sina terrível para a carreira do Animal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.