As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Velhinha mamada

Baldini Wilson

25 de junho de 2006 | 08h07

A viagem de Colônia para Nuremberg foi marcada pela presença de uma velhinha, de uns 70 anos, muito divertida. Ela estava acompanhada de três casais bem mais novos. O trem saiu da estação de Colônia às 6h30 e os sete já estavam animados para virarem dois litros de champanhe. A velhinha tomou um copo atrás do outro. Aí resolveu ir ao banheiro. O trem estava rápido e numa curva a velhinha desabou no colo de um senhor um pouco mais novo que ela. Morreu de rir e ainda deu um beijo no homem, que estava acompanhado da esposa. Como viu que a mulher não gostou, a velhinha também a beijou. Tudo ficou bem, só faltava chegar ao banheiro. Depois de se encostar em todo mundo, pois o trem estava cheio, a velhinha chegou ao seu objetivo. Passados 15 minutos, nada da vovô. Um dos rapazes foi até o banheiro, bateu na porta e nada. Chamaram um fiscal, ele veio, abriu a porta e todos deram com a velhinha dormindo no trono. Carregaram-na até o seu lugar e ela dormiu como um bebê pelas quatro horas de viagem.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.