As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vitórias e ascensão, mas tem quem não ajude

miltonpazzi

24 de fevereiro de 2008 | 23h15

O Santos vai ressurgir? Não dá para apostar, mas dá para o torcedor acreditar sim. A vitória neste domingo por 4 a 1 sobre o Ituano com um jogador a menos, a segunda seguida, faz a esperança voltar. O único ponto negativo é a briga da torcida organizada com o técnico Emerson Leão. A única certeza nesta história é que estas pessoas não querem ajudar o time, quase fora da crise.

No Corinthians, tudo de bom a melhor. Outra vitória (1 a 0 na Ponte), dez jogos invicto, gol de Acosta… Está tudo a favor. Só erra o auxiliar e o árbitro Marcelo Rogério que anularam um gol do uruguaio no primeiro tempo. Lamentável o lance.

Já o São Paulo pode se preparar: o time não embala e agora não vence, em casa, o Noroeste. Deu tudo errado e nesta semana tem a estréia na Libertadores. Muricy Ramalho e os jogadores devem estar com as asas de molho. Precisarão, mais do que nunca, vencer e convencer. Senão, vem crise.

No mesmo embalo está o Palmeiras, depois do tropeço do empate com o Rio Preto (1 a 1). Luxemburgo, com a briga com o árbitro, desviou a atenção para o mau futebol do seu time. A crise também está lhe rondando.

E no Rio, parabéns ao Flamengo, campeão da Taça Guanabara, ressuscitando Diego Tardelli. Mas ainda quero ver este time num jogo decisivo contra times de outros lugares. E quanto a Bebeto de Freitas, pura bravata e chororô seu discurso de renúncia. Não acredito que ele saia mesmo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.