A melhor apresentação de Muhammad Ali proporcionou uma das fotos mais lindas do boxe

A melhor apresentação de Muhammad Ali proporcionou uma das fotos mais lindas do boxe

Em 7min08, o lendário pugilista, então com 24 anos, deu uma aula diante de Cleveland Williams, há 54 anos. 'É Ali no seu melhor', disse Mike Tyson

Wilson Baldini Jr.

15 de novembro de 2020 | 02h02

 

 

Para muitos críticos foram os melhores 7min08 da carreira de Muhammad Ali. Na vitória sobre Cleveland Williams, em 14 de novembro de 1966, o lendário peso pesado, talvez, tenha conseguido atingir a perfeição em cima do ringue armado no Astrodome, de Houston, diante de 35.460 espectadores.

Rápido, forte, preciso, Ali também demonstrou estar com os reflexos em dia. Ele só recebeu dez golpes de Williams, enquanto acertou 46 dos 74 socos desferidos (62% de aproveitamento).

O repórter Howard Cosell disse ao biógrafo de Ali Thomas Hauser: “O maior Ali de todos os tempos como lutador foi em Houston contra Williams. Naquela noite, ele foi o lutador mais devastador que já existiu.”

Durante uma aparição no The Arsenio Hall Show em 1989, Mike Tyson disse que essa era sua luta favorita de Ali. “É Ali no seu melhor”, disse ele.

A revista The Ring: Boxing The 20th Century declarou: “O jab de Ali nunca foi tão cegante; seus pés nunca pareceram tão leves; suas combinações nunca fluíram tão facilmente. Aos 24 anos, ele tinha 27-0 (22) e estava no auge. Era hora de congelar o momento para a cápsula do tempo. “

Além de tudo isso, o combate ainda proporcionou uma das fotos mais lindas da história da nobre arte, do mítico fotógrafo Neik Leifer.

A foto está acima. Confira a luta abaixo:

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.