A quatro dias de Wilder x Fury II, TV brasileira não tem os direitos de transmissão

A quatro dias de Wilder x Fury II, TV brasileira não tem os direitos de transmissão

Tudo indica que os fãs da nobre arte no Brasil mais uma vez serão impedidos de assistir a mais uma grande luta do boxe internacional

Wilson Baldini Jr.

18 de fevereiro de 2020 | 12h31

 

Tudo indica que os fãs da nobre arte no Brasil mais uma vez serão impedidos de assistir a mais uma grande luta do boxe internacional. A quatro dias de Deontay Wilder x Tyson Fury II, a TV brasileira não tem os direitos de transmissão.

Este blog procurou os responsáveis pela programação de todos os canais de TV fechada do Brasil e foi informado de que nada está programado para sábado à noite, data da luta.

A ESPN Brasil vai passar um evento de Bellator e uma outra luta de boxe. O FOX Sports afirmou que não vai passar, assim como o SporTV. Esporte Interativo não tem interesse na nobre arte, enquanto o Bandsports não tem dinheiro para gastar com o pugilismo.

O DAZN, que tem várias transmissões, fica de fora também. Nos EUA, o evento será feito em pay per view pela ESPN, que fez vários eventos promocionais, inclusive em Miami, na semana do Super Bowl.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeDeontay WilderTyson Fury

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: