A última vitória de Muhammad Ali completa 40 anos

A última vitória de Muhammad Ali completa 40 anos

Foi diante de Leon Spinks, em New Orleans, e valeu o título mundial dos pesados pela terceira vez. O Superdome recebeu 63.350 espectadores e 2 bilhões de pessoas viram em 80 países.

Wilson Baldini Jr.

15 Setembro 2018 | 16h47

 

O Superdome, em New Orleans, Louisiana, recebeu 63.350 espectadores para ver o segundo duelo entre Muhammad Ali e Leon Spinks, em 15 de setembro de 1978. O evento, visto por 90 milhões de norte-americanos, foi transmitido para 80 países e cerca de 2 bilhões ficaram diante TV para ver a disputa do título mundial dos pesos pesados. De 100 televisores ligados nos EUA, 46 estavam assistindo ao combate.

O duelo arrecadou US$ 5,7 milhões nas bilheterias e pagou US$ 3,75 milhões de bolsa para Spinks e US$ 3,25 milhões para Ali, que entrou no ringue favorito 2,5 por 1 nas apostas.

A luta era uma revanche, pois Spinks, campeão olímpico dos meio-pesados em 1976, tinha surpreendido sete meses antes, ao vencer por pontos, após 15 assaltos.

No segundo duelo, Ali estava mais bem preparado, apesar de não ser nem sombra do que fora anteriormente. Aos 36 anos, o maior esportista de todos os tempos demonstrava o sofrimento pelos castigos sofridos durante a dura carreira.

Após 15 assaltos, Ali venceu por unanimidade: 11-4,, 10-4, 10-4.

Voltou a lutar mais duas vezes, mas não venceu.

Spinks lutou até 1995, mas jamais atingiu um nível de destaque na principal categoria do boxe. Ele está com 65 anos.

 

Mais conteúdo sobre:

boxeMuhammad AliLeon Spinks