Acidente de avião matou o ‘invencível’ Rocky Marciano há 51 anos

Acidente de avião matou o ‘invencível’ Rocky Marciano há 51 anos

Ex-campeão mundial dos pesos pesados morreu na véspera de completar 46 anos de idade. Em sua carreira profissional, Marciano somou 49 vitórias, com 43 nocautes

Wilson Baldini Jr.

31 de agosto de 2020 | 08h58

 

Rocky Marciano deixou os ringues invicto, após 49 vitórias. Sua esposa, Barbara Cousins, forçou sua aposentadoria por não aguentar a violência do boxe. Afinal, seu marido saía dos combates invariavelmente repleto de contusões.

Marciano chegou a recusar uma bolsa de US$ 6 milhões para retornar ao boxe e enfrentar Floyd Patterson. “Você não luta nunca mais”, disse Barbara.

O ex-campeão passou a ganhar a vida com palestras motivacionais e em 31 de agosto de 1969 ligou para casa para informar que iria atrasar em um dia seu retorno por causa das fortes chuvas. Mas uma festa estava programada, afinal em 1º de setembro era o seu 46º aniversário.

Marciano resolveu encarar a tempestade como fizera com todos os seus adversários, mas desta vez a vida lhe deu um nocaute. O acidente que o vitimou chocou o mundo do boxe.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.