Andy Ruiz Jr. exige terceira luta com Anthony Joshua: ‘Ele teve medo de lutar como homem’

Andy Ruiz Jr. exige terceira luta com Anthony Joshua: ‘Ele teve medo de lutar como homem’

Mexicano admitiu falha na preparação física e pediu desculpas para o pai, para o técnico e para os mexicanos

Wilson Baldini Jr.

07 de dezembro de 2019 | 22h39

 

Andy Ruiz Jr. estava visivelmente envergonhado após a derrota para Anthony Joshua, neste sábado, na Arábia Saudita. O mexicano admitiu que não fez uma boa preparação para a sua primeira defesa de título mundial, após derrotar o britânico em 1.º de junho.

“Não me preparei  como devia. Estivemos festejando muito. Sou jovem e tenho muito o que aprender”, disse o boxeador, de 30 anos. “Quero pedir desculpas para os mexicanos, para meu treinador e para meu pai.”

Ainda sob o ringue, Ruiz exigiu uma terceira luta. “Eu ganhei uma luta e ele ganhou outra. Que venha a terceira”, afirmou o lutador, que perguntou ao público, via microfone, se havia interesse em um novo confronto. A resposta foi positiva.

Apesar de trocar cumprimentos com Joshua após a luta, o ex-campeão criticou a forma com a qual o inglês se comportou durante os 12 assaltos na entrevista coletiva. “Ele teve medo de se colocar frente a frente e lutar como um homem”, disse Ruiz, que praticamente não conseguiu golpear o rival. Bem preparado, Joshua não parou diante do adversário, não permitindo que a luta fosse para a curta distância.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeAnthony JoshuaAndy Ruiz Jr.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.