Antes de enfrentar Matthysse, Pacquiao descobriu que sofre de problema no coração

Antes de enfrentar Matthysse, Pacquiao descobriu que sofre de problema no coração

Uma semana antes da luta,, filipino se submeteu a exames, foi aconselhado a não lutar, mas mesmo assim cumpriu seu compromisso e conquistou o 11º cinturão mundial

Wilson Baldini Jr.

20 de julho de 2018 | 11h39

 

Uma semana antes de subir ao ringue na Malásia para enfrentar o argentino Lucas Matthysse, Manny Pacquiao passou por uma série de exames médicos Cardinal Santos Medical Center, em Manila, nas Filipinas, devido a falta de ar durante alguns treinamentos.

O multicampeão filipino foi submetido a um angiograma. Um catéter foi introduzido no pulso do boxeador até o coração para onter informações médicas. Um corante especial permitiu que fossem obtidas imagens das artérias coronárias e destaquem os entupimentos ou pontos estreitos.

Ficou constatado um problema cardíaco congênito, que pode ser nascido com o lutador ou desenvolvido nas primeiras semanas de vida.

Pacquiao foi sozinho ao hospital e exigiu que nada fosse divulgado antes da luta. O boxeador foi aconselhado pelos médicos para não lutar, mas assinou um termo de responsabilidade para seguir seu compromisso em Kuala Lumpur.

Pacquiao lutou muito bem e venceu o adversário argentino por nocaute no sétimo assalto, conquistado o 11º cinturão de campeão mundial.

O interessante é ver que Pacquiao sofre deste mal a vida toda e assim mesmo se consagrou como um dos maiores pugilistas da história.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeManny PacquiaoLucas Matthysse

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.